Tipo Mestrado
Ano 2018
Orientador MARIA PAULA SIBILIA
Título UM MERCADO DE VISIBILIDADE E CIFRÕES: Influenciadores digitais e o empreendedorismo de si
Resumo O recente fenômeno dos “influenciadores digitais” começou a se manifestar quando jovens de diversas procedências e estilos de vida atingiram um tipo inédito de popularidade devido às postagens realizadas em seus perfis nas redes sociais da internet, tais como Facebook, Instagram e Youtube. Essa significativa notoriedade e a conquista do engajamento de grandes audiências nas redes despertou o interesse de empresas em ter suas marcas divulgadas por eles, através de um tipo de publicidade que deve simular ser voluntária e desinteressada. Recorrendo à perspectiva genealógica, esta pesquisa pretende identificar alguns valores emblemáticos que norteiam certos tipos de subjetividades e sociabilidades que parecem estar se tornando hegemônicos na contemporaneidade, e que seriam sintomáticos de uma nova moralidade. Tais características são enaltecidas e estimuladas, tanto nos discursos como nas práticas destes “ídolos digitais”, e no entanto se distanciam em vários sentidos daquelas que vigoraram na era moderna. A dissertação explora algumas pistas na tentativa de explicar o sucesso das “celebridades digitais”, bem como o seu interesse em rentabilizar suas próprias vidas, tornando-as comercializáveis e espetacularizadas. Buscamos, ainda, evidenciar a relação construída com o público seguidor diante da exibição de uma “autenticidade performada”. Neste sentido, propõe-se argumentar como os influenciadores são “empreendedores de si”, convertendo-se em referências para milhões de jovens na atual cultura globalizada ao encarnar valores altamente cobiçados na atualidade, tais como o sucesso, a felicidade e o triunfo do espírito “vencedor”.

Visualizar anexo