E-mailfernanda.carrera@eco.ufrj.br
Link para Lattes: http://lattes.cnpq.br/9858189664859918
Linha de pesquisa: Estéticas e Tecnologias da Comunicação;
Grupo de pesquisa: LIDD – Laboratório de Identidades Digitais e Diversidade (UFRJ)

CV resumido
Professora da Escola de Comunicação da UFRJ. Doutora em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e graduada em Publicidade e Propaganda pela Universidade Católica do Salvador (UCSAL). Pesquisa raça, gênero e interseccionalidades na comunicação e cultura digitais.

Interesses de orientação
– Raça, gênero e representação no ambiente digital;
– Algoritmos e vieses interseccionais
– Tecnologias digitais e impactos sociais
– Cultura digital, identidades e interação
– Comunicação de marca, consumo e sociabilidades em sites de redes sociais.

Projeto de pesquisa
O projeto visa compreender os cruzamentos entre raça, gênero e interseccionalidades na cultura digital, reconhecendo a relevância dos dispositivos performativos, de autenticidade e de sociabilidade em ambientes online. Nesse sentido, analisa os modos de interação e construção de si em plataformas e tecnologias contemporâneas, buscando conhecer os trâmites e as narrativas de racialidade imbricados nas práticas, nos aparatos e nas negociações socioculturais nestes ambientes.

Publicações 

ARTIGOS

CARRERA, F. A. S.; CARVALHO, D. . Algoritmos racistas: a hiper-ritualização da solidão da mulher negra em bancos de imagens digitais. GALÁXIA (SÃO PAULO. ONLINE), p. 99-114, 2020.

CARRERA, F. A. S.. Raça e privilégios anunciados: ensaio sobre as sete manifestações da branquitude na publicidade brasileira. Eptic On-Line (UFS), v. 22, p. 6-28, 2020.

CARRERA, F. A. S.; TORQUATO, C. . Diversitywashing: as marcas e suas (in)coerências expressivas. COMUNICACAO, MIDIA E CONSUMO (ONLINE), v. 17, p. 84-107, 2020.

KRUGER, P. ; CARRERA, F. A. S. . Publicidade Inteligente: convergências entre os chatbots e as marcas.. SIGNOS DO CONSUMO, v. 12, p. 27-41, 2020.

CARAVINA, H. ; CARRERA, F. A. S. . O eufemismo imagético e a publicidade da área da saúde: uma análise do discurso de ?A Hora de Lembrar?. Temática – Revista eletrônica de publicação mensal, v. 5, p. 274-290, 2020.

CARRERA, F. A. S.; POLIVANOV, B. . Rupturas performáticas em sites de redes sociais: um olhar sobre fissuras no processo de apresentação de si a partir de e para além de Goffman. InTexto, p. 74-98, 2019.

CARRERA, F.. Ciberpublicidade, gênero e Goffman: hiper-ritualizações no contexto digital. REVISTA CONTRACAMPO, v. 39, p. 1-18, 2019.

VIANA, G. ; CARRERA, F. A. S. . A (in)visibilidade da mulher negra youtuber. RECIIS – Revista Eletrônica de Comunicação, Informação & Inovação em Saúde, v. 13, p. 707-724, 2019.

CARRERA, F. A. S.. Expansão do self, Congruência, Verificação: outros caminhos teórico- metodológicos para a compreensão do papel da marca e da publicidade na produção identitária do consumidor. REVISTA COMUNICAÇÃO MIDIÁTICA (ONLINE), v. 12, p. 55-70, 2017.

CARRERA, Fernanda; BERNARDAZZI, Rafaela ; XAVIER, A. ; BEATRIZ, H. ; OLIVEIRA, L. . Aprovação social na ponta dos dedos: representação do eu e gerenciamento de impressões no Tinder. Revista Teknokultura, v. 14, p. 339-350, 2017.

CARRERA, F. A. S.. Pressupostos Semióticos na Análise do Discurso para o Estudo da Publicidade Contemporânea: As Contribuições e as Perspectivas para Pesquisas Futuras. Tabuleiro de Letras, v. 9, p. 50-67, 2016.

CARRERA, F. A. S.. A Ciberpublicidade: Reflexão Contextual para o Mapeamento das Reconfigurações Publicitárias na Contemporaneidade. COMUNICAÇÃO & SOCIEDADE (ONLINE), v. 38, p. 177-207, 2016.

CARRERA, F. A. S.. O discurso da ciberpublicidade: perspectivas conceituais para o estudo das estratégias discursivas da publicidade contemporânea. Questões Transversais – Revista de Epistemologias da Comunicação, v. 4, p. 37-45, 2016.

CARRERA, F. A. S.. Identidade da marca e ambiente digital: Personificação, antropoformização e personalidade sob os desígnios da ciberpublicidade. RIZOMA, v. 4, p. 221, 2016.

CARRERA, F. A. S.; OLIVEIRA, T. M. . Perdi minha credibilidade na balada: apreensões acerca do acordo ficcional da campanha da Nokia. Trama (Universidade Estácio de Sá), v. 01, p. 01-17, 2015.

CARRERA, F. A. S.. A habilidade social da marca: uma reflexão sobre interação marcaindivíduo no ambiente digital. Tríade, v. 3, p. 91-107, 2015.

CARRERA, F. A. S.. A Construção do Self Marcário em Sites de Redes Sociais à luz do Modelo de Habilidade Social de Michael Argyle. Logos (Rio de Janeiro. Online), v. 22, p. 54-70, 2015.

CARRERA, F. A. S.. O imperativo da felicidade em sites de redes sociais: materialidade como subsídio para o gerenciamento de impressões (quase) sempre positivas. Eptic On-Line (UFS), v. 1, p. 33-44, 2014.

CARRERA, F. A. S.; OLIVEIRA, T. M. . Mais do que um simples apertar de botão: uma reflexão sobre regimes de espectatorialidade e imersão na publicidade pervasiva. CUADERNOS.INFO, v. 34, p. 47-59, 2014.

CARRERA, F. A. S.; OLIVEIRA, T. M. . Performance e teatralidade na publicidade pervasiva: análise dos cases Skyfall e Fantastic Delites. In Texto (UFRGS. Online), v. 30, p. 184-201, 2014.

CARRERA, F. A. S.; OLIVEIRA, L. X. . -Cabelo de Bombril-? Ethos publicitário, consumo e estereótipo em sites de redes sociais. NOVOS OLHARES, v. 2, p. 67, 2013.

CARRERA, F. A. S.. Gerenciamento de impressões, música e sites de redes sociais: o self a partir do compartilhamento de letras e vídeos. Contemporanea (UFBA. Online), v. 10, p. 239-262, 2012.

CARRERA, F. A. S.. Instagram no Facebook: uma reflexão sobre ethos, consumo e contrução de subjetividade em sites de redes sociais. ANIMUS (SANTA MARIA. ONLINE), v. 11, p. 1-18, 2012.

 

CAPÍTULOS DE LIVROS

CARRERA, F. A. S.. Racismo e sexismo em bancos de imagens digitais: análise de resultados de busca e atribuição de relevância na dimensão financeira/profissional. In: Tarcízio Silva. (Org.). Comunidades, Algoritmos e Ativismos Digitais: olhares afrodiaspóricos. 1ed.São Paulo: LiteraRua, 2020, v. 1, p. 147-163.

MARTINS, V. ; CARRERA, F. . Empoderamento como elemento chave na publicidade feminista. In: Eduardo Dieb. (Org.). Quais são as mulheres na publicidade: identidade, papéis, gênero, estereótipo, LGBTI+ e profissão. 1ed.São Paulo: Árvore Digital, 2020, v. 1, p. 145-171.

CARRERA, F. A. S.; PAZ, M. S. D. . Capital Social, Ethos e Gerenciamento de Impressões de Redes Sociais Temáticas: o caso Skoob.. In: José Carlos Ribeiro; Thais Miranda; Ana Terse Soares. (Org.). Práticas Interacionais em Rede. 1ed.Salvador: EDUFBA, 2014, v. 1, p. 71-87.

CARRERA, F. A. S.; OLIVEIRA, T. M. . Performance e teatralidade na publicidade pervasiva: análise dos cases Skyfall e Fantastic Delites. In: Guilherme Nery Atem; Thaiane Moreira de Oliveira; Sandro Tôrres de Azevedo. (Org.). Ciberpublicidade: Discurso, experiência e consumo na cultura transmidiática. 1ed.Rio de Janeiro: E-papers, 2014, v. 1, p. 67-82.

LIVROS

CARRERA, F. A. S.. Marcas humanizadas e suas interações sociais com consumidores no ambiente digital. 1. ed. Curitiba: Appris, 2018. v. 1. 323p .

TORQUATO, C. (Org.) ; CARRERA, F. A. S. (Org.) . Mídia e Diversidade: Caminhos para Reflexão e Resistência. 1. ed. João Pessoa: Xeroca, 2018. v. 1. 534p

 

Orientações em andamento

Amanda dos Santos Moura. Doutorado. “Reposicionamento social ou estratégia mercadológica? Quando “militar” racialmente nas redes sociais se torna um negócio para as revistas femininas”. (2022)

Bruno Barros de Souza. Mestrado. “Ações Afirmativas em Empresas de Tecnologia: uma análise à luz do employer’s branding”. (2022)

Catharinna Ferreira da Costa Marques. Mestrado. “A relação entre o movimento “blackout tuesday” e os cinco estágios de conscientização da branquitude”. (2021)

Flavia da Silva Fontes. Mestrado. “PASSADO, PRESENTE, AFROFUTURO: Novas narrativas imagéticas através do canal Trace Brasil no YouTube”. (2021)

George Ferreira Dos Santos. Mestrado. “Realidade Virtual como ferramenta de Comunicação e Engajamento Social: estudo de casos múltiplos no contexto da periferia”. (2020)

Luciano Cicero Amaral dos Santos. Doutorado. “Black & Black: performance, representatividade e antirracismo nas redes sociais”. (2022)

Rosane Aurore Romão Juliano. Doutorado. “MARCOS ROMÃO: Trajetória, Memória e Militância Negra na Comunicação”. (2022)

Sandra Martins da Silva. Doutorado. “Construção de Epistemes Negras na Comunicação: GTAR”. (2022)

Thamyra Thâmara de Araújo. Doutorado. “O uso das mídias sociais na produção de outros formatos de discurso e reivindicação de direitos nas favelas cariocas”. (2019)

Vírnia Martins (PPgEM/UFRN)

Skip to content