Professor Adjunto IV do Departamento de Estudos Culturais e Mídia da UFF, Coordenador do Núcleo de Estudos da Violência e Comunicação (NevCom/UFF) e Coordenador do GT Práticas Interacionais e Linguagens na Comunicação da Compós. Doutor em Comunicação (UFF/2007), é Jovem Cientista de Nosso Estado Faperj (2015-2017), Diretor do Instituto de Arte e Comunicação Social (IACS) da UFF (2016-2019) e autor do livro A punição pela Audiência (Quartet/Faperj, 2002).

 

Interesses de orientação
1) Análise de Discurso Midiático, especialmente Mídia Impressa e Telejornalismo;
2) Estudos de Comunicação em sua interface com a questão da(s) Violência(s) Urbana(s);
3) O papel dos meios informativos na produção dos sentidos em relação à cidade, às favelas e às questões de subjetividade, espaço e poder.
4) A articulação entre as áreas de Comunicação, filosofia política e geografias da comunicação.
5) Questões de imagem, discurso e sentido, especialmente no diálogo entre a comunicação e as práticas punitivas contemporâneas.

Projeto de pesquisa
A pacificação dos sentidos: uma análise do discurso telejornalístico contemporâneo sobre a violência urbana

O projeto analisa o discurso telejornalístico do RJTV 1ª Ed., da TV Globo, a partir das reportagens veiculadas a respeito das ações de “pacificação” desenvolvidas pelo Estado em diferentes favelas do Rio de Janeiro entre 2009 a 2012. A investigação averigua as estratégias discursivas que permitem, à emissora de TV, ocupar o papel político ativo de instância de legitimação simbólica destes processos de intervenção social. A pesquisa possui financiamento do CNPq e da FAPERJ.

 

Publicacões

Entre o mito da retomada do território e a política de silêncio: uma análise do discurso do RJTV sobre a ‘Pacificação’ da Rocinha. Comunicação & Inovação (Online) , v. 16, p. 43-58, 2015.

http://seer.uscs.edu.br/index.php/revista_comunicacao_inovacao/article/viewFile/3094/1765

Os outros da rua: o acontecimento discursivo das manifestações de 2013. Comunicacao, Midia e Consumo (Online) , v. 11, p. 37-55, 2014.

http://revistacmc.espm.br/index.php/revistacmc/article/view/676

Mídia, violência e materialidades discursivas: por uma análise dos efeitos de sentido no telejornalismo contemporâneo. In: Katia Lerner; Igor Sacramento. (Org.). Saúde e Jornalismo: interfaces contemporâneas. 1ed.Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2014, v. 1, p. 133-150.

As interações como estratégias discursivas em telejornais: o caso da ‘pacificação’ da favela da Rocinha no RJTV da Rede Globo. In: Edson Fernando Dalmonte. (Org.). Teoria e Prática da Crítica Midiática. 1ed.Salvador: Edufba, 2013, v. 1, p. 209-226.

O Rio contra o crime: relatos de uma guerra televisionada. Revista FAMECOS (Online) , v. 19, p. 124-145, 2012.

http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistafamecos/article/view/11344

As Delinqüências do Imperador: os percursos urbanos do jogador Adriano em tempos de pacificação do Rio de Janeiro. Em Questão , v. 18, p. 213-228, 2012.

http://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/26854

Entre a lei e a execução: uma genealogia dos grupos de extermínio na imprensa carioca. In: Aline Strelow; Elza de Oliveira Filha; Felipe Pena; Francisco de Assis; Iluska Coutinho. (Org.). Jornalismo: História, Teorias, Gêneros e Práticas. 1ed.São Paulo: Intercom, 2012, v. 1, p. 57-79.

O RJTV e a (re)urbanização do Rio: uma cartografia da violência no discurso telejornalístico de pacificação. In: Sonia Virgínia Moreira. (Org.). Geografias da comunicação : espaço de observação de mídia e de culturas. 1ed.São Paulo: Intercom, 2012, v. 1, p. 143-158.

Lembrando Galileia: 50 anos de luta pela terra nos jornais. Discursos Sediciosos (Rio de Janeiro) , v. 17-18, p. 521-530, 2011.

Epistemology, Discourse and News: possible approaches between discourse analysis and journalism research. Brazilian Journalism Research (Impresso) , v. 6, p. 104-122, 2010. http://bjr.sbpjor.org.br/bjr/article/view/229

Orientações em andamento

Daniel Brasil Albuquerque de Carvalho. Mestrado, 2021.
Inês Da Silva Alves. Mestrado, 2021.
Laís Rodrigues Cavalcante. Mestrado, 2021.
Tatiana da Silva Lima. Doutorado, 2016.
Thayane Guimarães Tavares. Mestrado, 2021.
Yasmin Leal dos Santos. Mestrado, 2021.
Skip to content