E-mail: paulasibilia@gmail.com

Site: http://www.paulasibilia.com

Link para Lattes: http://lattes.cnpq.br/5318250490460865

Linhas de pesquisa: Estéticas e Tecnologias da Comunicação;

Grupo de pesquisa: Grupo “Imagem, corpo e subjetividade” e Rede Internacional de Pesquisa ARTEMIDIA

Link no site do CNPq: http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhepesq.jsp?pesq=5318250490460865

 

CV resumido

Fez graduação em Comunicação e em Antropologia na Universidade de Buenos Aires (UBA), mestrado em Comunicação (UFF), doutorado em Saúde Coletiva (IMS-UERJ) e em Comunicação e Cultura (ECO-UFRJ). Em 2012 fez um pós-doutorado na Université Paris VIII, França, com bolsa da CAPES; e, em 2019, fez outro na Universidad de Buenos Aires (UBA), Argentina. É bolsista do CNPq e da FAPERJ.

 

Interesses de orientação

1) Imagens e práticas corporais na cultura contemporânea.
2) Estudos genealógicos das construções corporais e subjetivas.
3) Influência das artes e das mídias na produção de subjetividade.
4) Análises das relações entre tecnologias, corpos e subjetividades em diversas épocas.
5) Influência das tecnologias digitais nas subjetividades, nos corpos e na sociabilidade contemporânea.

 

Projeto de pesquisa

Genealogia da obscenidade:

Da pornificação do olhar à politização da nudez

Este projeto analisa certos deslocamentos na definição de obscenidade. Enquanto as imagens de nudez e às alusões à sexualidade explícita se multiplicam na paisagem midiática e artística contemporânea, cresce a tendência a reprovar somente algumas delas por serem “indecentes” em novos sentidos, reivindicando uma “pureza” corporal de novo cunho. Nesse campo de batalha há inúmeras resistências e contradições, que parecem surgir da transformação histórica dos corpos em imagens.

 

Publicacões

O show do eu: A intimidade como espetáculo.
https://www.contrapontoeditora.com.br/produto.php?id=10006

 O homem pós-orgânico: A alquimia dos corpos e das almas à luz das tecnologias digitais.

https://www.contrapontoeditora.com.br/produto.php?id=3041

Redes ou paredes: A escola em tempos de dispersãoRio de Janeiro: Contraponto, 2012.

https://www.contrapontoeditora.com.br/produto.php?id=288 

The online “addiction” as a malaise of the 21st century: From repression by the law to “free” unlimited stimulation

https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/00207578.2019.1702882?af=R&journalCode=ripa20&

 The digitalization of life: A genealogy of the body-machine

https://www.pdcnet.org/du/content/du_2019_0029_0003_0093_0102

 Você é o que Google diz que você é: A vida editável, entre controle e espetáculo.

https://seer.ufrgs.br/index.php/intexto/article/view/75091

 Los cuerpos visibles en la contemporaneidad: De la purificación mediática a la explicitud artística.

http://www.kaypunku.com/index.php/kaypunku/article/view/119/157

 O que é ser saudável? Entre publicidades modernas e contemporâneas .

http://revistas.pucsp.br/index.php/galaxia/article/view/25865/21218

O corpo como máquina: Da normalização à otimização. http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&edicao=120&id=1462

Autenticidade e performance: A construção de si como personagem visível. http://revistas.unisinos.br/index.php/fronteiras/article/view/fem.2015.173.09/4984 

 A nudez auto-exposta na rede: Deslocamentos da obscenidade e da beleza? / 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-83332015000100171&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt#B05

 La “pornificación” de la mirada: una genealogía del pecho desnudo. 

http://revistas.javeriana.edu.co/index.php/cma/article/view/9813

 La intimidad como espectáculo

https://www.fce.com.ar/ar/libros/detalles.aspx?IDL=6311

Orientações em andamento

Ana Paula Oliveira Barros. Doutorado, 2018.

Angélica Fonseca Freitas. Doutorado, 2018.

Antoine Nicolad Gonod dArtemare. Doutorado, 2020.

Camila Marins Silvestre. Doutorado, 2019.

Isabela Assumpção Martins Lima. Mestrado, 2021.

Lucas Bragança Da Fonseca. Doutorado, 2019.

Manuela Galindo. Doutorado, 2017.

Mariah Rafaela Cordeiro Gonzaga. Doutorado, 2019.

Skip to content